EUA X China e a tensão no Pacífico

Bruno Beaklini (@estanalise) – agosto 2022 No momento em que concluímos esse artigo, a ilha de Formosa, capital Taipei, sede política da república fundada por Chiang Kai Shek e outras lideranças de duvidosas procedências, experimentava um cerco estratégico. A República Popular da China respondia com manobras militares de envergadura, algo que não ocorria desde março…

A permanente crise da América Latina: agora é a vez da Argentina e do Panamá

Bruno Beaklini (@estanalise) – julho 2022 Ao contrário do que costumamos publicar neste portal, este artigo não será nem de análise de conjuntura,nem histórico. Dadas as condições de permanência em nossa América Latina, nos cabe ver a dependência estruturante do século XXI e, modestamente, apontar caminhos para sair dessas armadilhas. Comecemos por nós mesmos. Esta…

As alternativas ao Sistema Swift e a necessidade de uma moeda de integração sul-americana 

Bruno Beaklini (@estanalise) – abril e maio de 2022 Este artigo da série sobre a economia política internacional diante da nova bipolaridade e da ordem financeira sob as sanções e bloqueios (rumando para autarquias armadas), traz a tão querida mirada latino-americana. Nossa descendência e múltiplas colônias árabes estão perfeitamente integradas e somos parte deste continente…

Alternativas eurasiáticas ao Sistema Swift e o controle dos EUA

Bruno Beaklini (@estanalise) – abril  de 2022 As sanções e a desconexão de países inteiros ou setores estratégicos de nações concorrentes formam uma vantagem estratégica operada pelo Sistema Cinco Olhos (comandado pelos EUA) e seus aliados subalternos da União Europeia. A frágil legalidade assumida através de posições “de facto” da governança da Sociedade para Telecomunicações…

Crise e “desdolarização” da economia mundial: superando a hegemonia dos petrodólares

Bruno Beaklini (@estanalise) Na quinta 24 de março o presidente estadunidense Joe Biden estava em Bruxelas, para a reunião extraordinária da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN/NATO). Embora o engajamento direto da Aliança Atlântica na guerra Russo-Ucraniana seja uma opção descartada – pelo risco real de um conflito nuclear na Europa – a pressão…

O mundo pós-guerra Russo-Ucraniana: a “nova bipolaridade” ampliada

Bruno Beaklini (@estanalise) –março 2022 Diante do conflito Russo-Ucraniano e obviamente, da perspectiva cada vez mais real de uma Nova Guerra Fria, unificando o Sistema Cinco Olhos (os países anglo-saxões liderados pelos EUA, secundado por Grã-Bretanha, Canadá, Austrália e Nova Zelândia) e a União Europeia em contraponto à aliança China-Rússia (nesta ordem), decidi rever alguns…

A Interdependência Armada e a guerra econômica Russo-Estadunidense

Bruno Beaklini (@estanalise) – março 2022 Na terça-feira, oito de março de 2022, a administração Joe Biden elevou o nível da guerra econômica, proibindo a importação de petróleo, gás e derivados produzidos pela Rússia. Embora o volume destas commodities não seja significativo no consumo doméstico dos EUA, a pressão de alta nos índices especulativos (Brent…

O conflito russo-ucraniano e as fragilidades econômicas do Brasil

Bruno Beaklini (@estanalise) – março 2022 A guerra Russo-Ucraniana e o conjunto de medidas de sanções econômicas contra Moscou vão afetar a capacidade da economia brasileira assim como demais países do planeta. A Europa, por exemplo, é muito dependente do gás natural russo. Este país é responsável também por cerca de 10% do petróleo e…