As origens do movimento operário alegretense – a Fronteira que tem tradição de luta de classes para além da adesão a simbologia do latifúndio escravagista

09 de janeiro de 2016, do editor

Anderson Corrêa é professor universitário, historiador radicado na fronteira oeste (especificamente no município do Alegrete) e um militante político e social com profundas raízes anarquistas. Este artigo de viés acadêmico que estamos divulgando traz uma exaustiva pesquisa documental que, associada às categorias e forma de pensar apropriadas, aponta para uma interpretação fundamentada e factualmente irrefutável das raízes do movimento operário nesta localidade tão importante para nossa história regional. Foi em Alegrete que as forças dos Libres de Artigas perderam sua mais importante batalha diante do opressor Império Luso-Brasileiro; Alegrete cultuado em prosa e verso como um dos berços do varguismo e da “rebeldia oligárquica” tem também uma trajetória de luta de classes e organização da força de trabalho com referenciais no sindicalismo combativo e de base libertária.

Com este modesto aporte do blog do portal Estratégia & Análise, esperamos colocar mais um grão de areia na difusão de obras de referência. Estas, se devidamente acompanhadas do debate público e da inserção  social militante, transformam o imaginário e o acionar político do conjunto de classes e forças sociais em (pré)-condições de organização para lutar pelo avanço dos direitos coletivos e a diminuição da margem de manobra dos opressores, isto sem hipotecar o destino ao político de carreira de turno que será o traidor na próxima etapa.

LINK PARA O ARTIGO

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s